A NATUREZA DA LAPINHA: "TUHUs NA FLORESTA!"



Horários e Locais

03/04 (Quarta-Feira) às 16:33 em Trilha das Imbuias – Spa Lapinha (Fazenda Margarida , Lapa – Paraná )

03/04 (Quarta-Feira) às 19:33 em Sala Margarida – Spa Lapinha (Fazenda Margarida , Lapa – Paraná)

03/04 (Quarta-Feira) às 20:33 - “Conversa com os Artistas” em Sala Margarida – Spa Lapinha (Fazenda Margarida , Lapa – Paraná)

Descrição

O experimentar de uma performance ao som de um corne inglês, cantar e caminhar em uma trilha entre imbuias milenares, “lavar pés” em águas quentes e frias, um entardecer ... - um recital cênico com obras inspiradas na exuberância da natureza do Brasil – composições de Heitor Villa-Lobos (1887/1959) : “Na minha música eu deixo cantar os rios e os mares deste imenso país...!”

Música & Performance

Livre | 60 minutos | Lapa – PR I Gratuito - Teatro & Música (50 Lugares) Reservas pelo fone: (41) 3622-1044 www.lapinha.com.br

Entrada Franca

Ficha Técnica

Projeto 33 - Salete Chiamulera, Marianne Brepohl, Mazzar Mazzarolo, Valeria Rocchiccioli (Participação Especial – Semana da Arte Contemporânea) , Apoio de Produção - Iza Soler

Marianne Brepohl, artista brasileira é uma personalidade de multi dimensões: com apenas 36 anos já percorreu o mundo corporativo, a diretoria de marketing da Lapinha, viajou julgando spas e explorando culturas e está há 4 anos morando em Berlim se dedicando a explorar a sua visão de mundo através da arte. Marianne, uma personalidade tão multi, explora diversos meios para expressar a sua visão e sentimento, entre eles a fotografia, a performance, a cena, a escrita, palavra falada, cantada, interpretada. Em 2018, em parceria com Salete Chiamulera (UNESPAR/EMBAP) e o Prof. Dr Clayton Mamedes (UFPR-UNESPAR/EMBAP) criaram o Projeto Links, uma performance multimodal. Nesta temporada de 2019, Marianne retornando ao Brasil para apresentar o Projeto Links na programação do Festival de Curitiba, aceitou o convite da Salete Chiamulera de voltar a sua casa, a Lapinha, mas dsta vez com seu véu artístico, como performer em uma participação especial no Projeto TUHUs: Somos Todos TUHUs!

Mazzar Mazzarolo iniciou sua carreira como instrumentista ao lado de grandes nomes da música Brasileira como Henrique Pinto, Orlando Fraga e Octávio Camargo. Como compositor, suas obras já foram interpretadas por vários artistas, entre eles Zé da Velha e Tangos e Tragédias. Como instrumentista trabalhou por muitos anos com os conceituados músicos Paranaenses Davi Sartori, Gebram Sabag e Fernando Montanari, além de vários concertos com a Orquestra Sinfônica do Paraná. Amante da música erudita, Mazzar Mazzarolo executa como solista obras de Isaak Albéniz, Fernando Sor, Villa Lobos, Tárrega, entre outros. Ao lado da orquestra da Universidade Federal do Paraná gravou o "Concerto de Villa Lobos" com Orlando Fraga, além de vários CDs e DVDs com diversos artistas, entre eles Endrigo Bettega. Mazzar Mazzarolo participou de concertos ao lado de Dominguinhos, Alceu Valença, Jair Rodrigues e Waltel Branco, além de uma memorável performance com o Pianista João Carlos de Assis. Mazzar Mazzarolo, músico, arranjador, compositor e multi instrumentista, toca violão, guitarra, oboé e corne ingês. Autodidata dotado de uma grande versatilidade e profunda habilidade técnica, transita com facilidade entre a música erudita o Mpb e o Jazz. Um dos pioneiros ao utilizar o oboé como instrumento de improvisação, atualmente dedica-se a música instrumental integrando o MGM Trio de Violões.





Projeto 33